CURIOSIDADES SOBRE O ROCK IN RIO

05 Ago

Confira algumas curiosidades sobre o maior festival de música do mundo, o Rock In Rio!

Depois de ter sido cancelado em 2021 por conta da pandemia, o Rock In Rio finalmente está de volta! Serão 7 noites de shows com atrações que variam entre o rock, pop, metal, eletrônico e outros estilos. Distribuídos em 8 palcos pela cidade do rock! E para aquecer os motores vamos compartilhar com vocês algumas curiosidades sobre este megaevento que irão te surpreender. Confira!

COMO TUDO ISSO COMEÇOU?

Roberto Medina, publicitário e empresário, tinha o desejo de alavancar a imagem do Rio de Janeiro para o mundo, e foi então que surgiu a ideia deste megaevento ser por lá. Porém não era um projeto muito simples de se tirar do papel, mas como já dizia Renato Russo: “Quem acredita sempre alcança”, Roberto acreditou e a oportunidade veio.

A cervejaria Brahma procurou o publicitário, que naquela época liderava a agência publicitária Artplan, para criar uma forma inovadora de lançar um novo produto, a cerveja Malt 90. O foco do novo produto era o público jovem, pois haviam notado que seu público estava "envelhecendo". Medina teve sua grande ideia, linkar o lançamento de um novo produto, a uma experiência memorável, como é o Rock In Rio.

POR QUE ROCK IN RIO NÃO TEM SÓ BANDAS DE ROCK?

Em 1985 no primeiro Rock In Rio, o Brasil passava por um período de transição entre o regime militar e a democracia! A produção cultural da época, vivia uma fase de baixa. O movimento que se mantinha forte naquele momento era a cena underground com o rock nacional, composta por um público jovem, cheio de energia e com vontade de mudar o mundo. O público perfeito de que procuravam, certo? 


Atualmente o Rock In Rio, tem em sua cultura a pluralidade e por isso outros estilos musicais fazem parte do line-up do evento. A escolha dos artistas de cada edição é feita por meio de muita pesquisa, inclusive em plataformas digitais como Spotify, Apple Music e YouTube. Além de bandas/músicos que têm uma ligação histórica com o evento. Mas todas essas escolhas precisam estar conectadas com o interesse do público conforme cada palco do festival, além de estar de acordo com a proposta do evento!

OS INGRESSOS POSSUEM TECNOLOGIA RFID (RADIO FREQUENCY IDENTIFICATION)

 Essa tecnologia permite rastrear todos os passos que o visitante faz dentro da cidade do rock. Conseguem identificar quais atrações foram visitadas, do stand de patrocinador aos palcos do evento. Além de saberem os horários de entrada e saída! Todos esses dados captados são cruzados com informações de cadastros de fãs e ajudam nas melhorias e contratações de atrações para o evento seguinte.

A ENTRADA POSSUI ALGUNS “OBSTÁCULOS”

Nos primeiros anos quando os portões eram abertos, era aquela correria para chegar o mais perto do palco possível. Muitas coisas mudaram de lá pra cá, já que o evento conta com várias atrações além dos shows.

Para auxiliar a entrada do evento conta com espaços instagramáveis, além de uma pequena escada fazendo com que o público entre com mais calma, com mais atenção no percurso.

NO ROCK IN RIO NÃO EXISTE BANHEIRO QUÍMICO:

Sim, isso pode ser algo pequeno, mas foi uma das coisas que particularmente, mais me surpreendeu comparado a outros eventos! Por mais que um banheiro químico possa estar limpo, não é algo confortável! Os banheiros são tradicionais, conectados diretamente à rede de esgoto e possui uma equipe de limpeza full time procurando manter a higiene e organização do local. 

ONDE OCORRE O ROCK IN RIO?

Atualmente o Rock In Rio acontece em dois países: Brasil e Portugal, mas já ocorreu em Madri, na Espanha, por três vezes, em 2008, 2010 e em 2012 e uma vez em Los Angeles, EUA no ano de 2015.

E se você curtiu conhecer um pouco sobre o Rock in Rio e quer saber mais, sugiro que leia o livro “Rock In Rio, a arte de sonhar e fazer acontecer” de Allan Costa e Arthur Igreja que foi de onde tirei todas essas informações que compartilhei com vocês! Para os empreendedores, ouso dizer que este livro é uma obra prima cheia de insights que você pode aplicar no seu negócio, fazendo algumas adaptações, claro!

Um excelente festival para vocês! 

Analista de Marketing, viciada em Bon Jovi, festivais de música e empreendedorismo! A geminiana que ama estudar e falar sobre qualquer assunto!


você também vai gostar